Institucional e Histórico

Conheça um pouco da história do instituto, nossa motivação e participe da construção dessa ponte de conhecimento!

Institucional

O Instituto Junguiano do Paraná – IJPR é parte da Associação Junguiana do Brasil – AJB, a qual é membro da International Association of Analytical Psychology – IAAP de Zurique.
É uma entidade cultural, de direito privado e sem fins lucrativos.

Filosofia

O IJPR é conseqüência do congraçamento de um grupo de pessoas, que num clima de extrema simplicidade e proximidade, urge fermentar idéias que surgem do paradoxo de que somente pelo compartilhamento das especificidades individuais pode-se chegar aos conhecimentos e experiências mais profundos.
Como o eixo axial de um cristal, que se expressa em suas múltiplas possibilidades, esta Instituição atribui-se a tarefa de caminhar pela escuridão da psique humana, através de aspectos intelectuais, teóricos, fortes e profundos, inspirados na obra de Carl Gustav Jung, entrelaçados a vivências genuínas e singulares de seus participantes. Este amálgama permitirá brotar uma compreensão idiossincrática da psique humana.

Logotipo

A logomarca do IJPR foi criada por Felipe Fernandes de Azevedo e é um composto do vaso alquímico, a árvore araucária e sua raiz serpente. Imagens que surgiram do consenso de seus fundadores em busca de um continente para que transformações possam florescer da união de profissionais e personaliddades em suas singularidades. Escolhemos a araucária, símbolo de nosso Estado, cuja raiz diz-se fortíssima, que possui espécie macho e espécie fêmea, remetendo-nos à conjunção dos opostos, como o caminho e o crescimento para o imutável e o eterno. A raiz especial sob forma de serpente, mercurial por sua própria natureza, encaminha-nos para o movimento profundo, a serpente que está em contato contínuo com a terra e que dá dinâmica à árvore, dentro do vaso, útero em que novas formas de vida podem surgir a partir dos movimentos que se desenrolam em seu interior.

Objetivos

O IJPR tem como objetivos:

  • O aperfeiçoamento de seus membros, zelando pela seriedade e pela dignidade do exercício profissional a divulgação da Psicologia Analítica, através de cursos, congressos, conferências e publicações;
  • A manutenção de intercâmbio com outros grupos da International Association for Analytical Psychology e com outras entidades afins que contribuam para os objetivos da mesma;
  • A seleção e o preparo de candidatos a analista junguiano pela Associação Junguiana do Brasil e reconhecidos pela International Association for Analytical Psychology-IAAP;
  • A prestação de serviços de assessoria e consultoria terapêuticas.

Apresentação do Instituto Junguiano do Paraná

Autoria: Maria de Lourdes Bairão Sanchez

Enorme prazer em estar voltando à PUC, que ainda como UCP, acolheu-me forasteira, no início dos anos 70, com muito pouco para oferecer!

Poucos daqui viveram a experiência de estudar no antigo e charmoso prédio da Rua XV, ao lado do Colégio Santa Maria. Aliás, prédio onde na década de 80 instalamos o Instituo Paranaense de Psicologia, lembrança de mais alguns dos presentes: tempo de fermentação e aparecimento de um jeito novo de se trabalhar em equipe.

Venho agora para trazer novo fruto que foi plantado e cultivado por muitas das pessoas aqui presentes e que agora juntos estamos podendo trazer a semente de um novo projeto: o Instituto junguiano do Paraná.

Esta parceria com a PUC iniciou-se em 1995 quando artesanalmente iniciamos o primeiro curso de Especialização em Psicologia Analítica, possível principalmente pela colaboração de muitos dos meus colegas e professores da AJB, de São Paulo, Campinas e Rio de janeiro e de alguns professores junguianos aqui de Curitiba. De um certo modo estivemos, como que, germinando este novo instituto.

Muitos participaram, em tempos diferentes, para a constituição deste instituto que hoje tenho como tarefa presidir. Muitos se aproximaram e depois, por motivos vários, tomaram outro rumo. Saudades de cada um!

Entretanto duas pessoas foram os primeiros inspiradores deste processo todo, Carlos Harmath, professor e amigo de longa data, que, há mais de 20 anos nos apresentou a obra de Jung com grande profundidade e criatividade e Fanny Liggeti, inesquecível analista de alguns dos primeiros junguianos desta cidade, que durante pelo menos dois anos vinha quinzenalmente a Curitiba. Uma lição de vida ficou da nossa querida Fanny!

Outra figura chave,presente continuamente neste processo foi Glauco Ulson, que desde 1998, inseria o Instituto do Paraná nos vários encontros da AJB.

Entretanto pudemos viabilizar o IJPR quando, IJUSP depois de muitas percalços, inciou a segunda turma de formação.

Nós aqui de Curitiba tivemos a idéia de fazer uma composição entre SP e Curitiba: seminários durante 3 semanas em Curtiba e uma semana em SP, só por 3 aninhos: reações esfuziantes aconteceram neste tempo!

Apesar dos vaticínios pessimistas, 9 das 9 que inicicaram chegaram bravamente ao fim do processo! Duas delas terminaram as horas de análise, supervisão e depois apresentaram monografias: Renata em agosto de 2004 e Sonia em maio de 2005.

Renata e eu decidimos que juntas poderíamos tentar concretizar o IJPR, naquele momento, um imperativo: não havia mais álibis para continuarmos ligadas a nosso instituto de origem, o de São Paulo, que nos acolheu e cujos membros, todos sem exceção tornaram possível a primeira formação aqui em Curitiba. Todos sempre muitos disponíveis, tanto que de um grupo de 10, 5 vieram formar conosco o novo instituto, um projeto de um grupo de pessoas para quem a amorosidade e o compartilhamento são ingredientes essenciais para a produção de conhecimento, aliados ao respeito à diversidade e singularidades.

Fica aqui a lembrança de que a fundamentação filosófica da nossa abordagem , o paradigma no qual estamos inseridos, baseia-se não apenas no princípio da causalidade e no pensamento lógico, mas principalmente no princípio da concomitância, leia-se sincronicidade, e no pensamento analógico.

A escolha do Gustavo sobre a prática clínica vem para desenhar isto que acabamos de comentar.

Apresentação do Instituto Junguiano do Paraná

Autoria: Maria de Lourdes Bairão Sanchez

Enorme prazer em estar voltando à PUC, que ainda como UCP, acolheu-me forasteira, no início dos anos 70, com muito pouco para oferecer!

Poucos daqui viveram a experiência de estudar no antigo e charmoso prédio da Rua XV, ao lado do Colégio Santa Maria. Aliás, prédio onde na década de 80 instalamos o Instituo Paranaense de Psicologia, lembrança de mais alguns dos presentes: tempo de fermentação e aparecimento de um jeito novo de se trabalhar em equipe.

Venho agora para trazer novo fruto que foi plantado e cultivado por muitas das pessoas aqui presentes e que agora juntos estamos podendo trazer a semente de um novo projeto: o Instituto junguiano do Paraná.

Esta parceria com a PUC iniciou-se em 1995 quando artesanalmente iniciamos o primeiro curso de Especialização em Psicologia Analítica, possível principalmente pela colaboração de muitos dos meus colegas e professores da AJB, de São Paulo, Campinas e Rio de janeiro e de alguns professores junguianos aqui de Curitiba. De um certo modo estivemos, como que, germinando este novo instituto.

Muitos participaram, em tempos diferentes, para a constituição deste instituto que hoje tenho como tarefa presidir. Muitos se aproximaram e depois, por motivos vários, tomaram outro rumo. Saudades de cada um!

Entretanto duas pessoas foram os primeiros inspiradores deste processo todo, Carlos Harmath, professor e amigo de longa data, que, há mais de 20 anos nos apresentou a obra de Jung com grande profundidade e criatividade e Fanny Liggeti, inesquecível analista de alguns dos primeiros junguianos desta cidade, que durante pelo menos dois anos vinha quinzenalmente a Curitiba. Uma lição de vida ficou da nossa querida Fanny!

Outra figura chave,presente continuamente neste processo foi Glauco Ulson, que desde 1998, inseria o Instituto do Paraná nos vários encontros da AJB.

Entretanto pudemos viabilizar o IJPR quando, IJUSP depois de muitas percalços, inciou a segunda turma de formação.

Nós aqui de Curitiba tivemos a idéia de fazer uma composição entre SP e Curitiba: seminários durante 3 semanas em Curtiba e uma semana em SP, só por 3 aninhos: reações esfuziantes aconteceram neste tempo!

Apesar dos vaticínios pessimistas, 9 das 9 que inicicaram chegaram bravamente ao fim do processo! Duas delas terminaram as horas de análise, supervisão e depois apresentaram monografias: Renata em agosto de 2004 e Sonia em maio de 2005.

Renata e eu decidimos que juntas poderíamos tentar concretizar o IJPR, naquele momento, um imperativo: não havia mais álibis para continuarmos ligadas a nosso instituto de origem, o de São Paulo, que nos acolheu e cujos membros, todos sem exceção tornaram possível a primeira formação aqui em Curitiba. Todos sempre muitos disponíveis, tanto que de um grupo de 10, 5 vieram formar conosco o novo instituto, um projeto de um grupo de pessoas para quem a amorosidade e o compartilhamento são ingredientes essenciais para a produção de conhecimento, aliados ao respeito à diversidade e singularidades.

Fica aqui a lembrança de que a fundamentação filosófica da nossa abordagem , o paradigma no qual estamos inseridos, baseia-se não apenas no princípio da causalidade e no pensamento lógico, mas principalmente no princípio da concomitância, leia-se sincronicidade, e no pensamento analógico.

A escolha do Gustavo sobre a prática clínica vem para desenhar isto que acabamos de comentar.

O IJPR conta com a assessoria de sua comissão de ética, a qual, tem como função esclarecer, orientar e zelar pelos preceitos éticos institucionais junto ao corpo de membros analistas e candidatos a analistas.

Histórico

O Instituto Junguiano do Paraná (IJPR) fundado em 2004 tem uma história que remonta aos anos 80 quando grupos de psicólogos e psiquiatras se reuniram para o estudo da Psicologia Analítica. Desde então algumas tentativas foram feitas no sentido de se iniciar a institucionalização do estudo junguiano em Curitiba.

A partir de 1989, a psicóloga Maria de Lourdes Bairão Sanchez passou a participar, na cidade de São Paulo, de instituições reconhecidas pela Internacional Association of Analytical Psychology (IAAP), tendo se tornado membro do Instituto Junguiano de São Paulo (IJUSP) e da Associação Junguiana do Brasil (AJB) no ano de 1996, dando assim início a um processo que culminou com a primeira turma de formação de analistas em Curitiba, no ano de 2001.

A reunião de pessoas que acreditavam na transformação do trabalho de analistas pela via da diversidade, pluralidade e compartilhamento, tornou viável uma parceria entre o IJUSP e um grupo de psicólogas, que em Curitiba, sob a coordenação de Maria de Lourdes, participou de seminários em Curitiba e São Paulo, realizados por analistas junguianos da AJB.

No mês de agosto de 2004 a psicóloga Renata Wenth, uma das participantes da turma de Curitiba/ São Paulo apresentou monografia de conclusão do curso de formação ao Instituto Junguiano de São Paulo permitindo a criação de um instituto em Curitiba, onde até então havia apenas uma representante da AJB, respondendo a uma decantada expectativa por parte dos membros da AJB. Assim sendo, o referido instituto foi aprovado de imediato pela instituição maior no Encontro da AJB, em Belo Horizonte, em outubro de 2004.

A fundação do IJPR deveu-se também à contribuição de colegas do IJUSP que se dispuseram a participar como membros fundadores: Áurea Roitman, David Butler, Dulce Rizzardo Briza, Gustavo Barcellos e Sylvio Toledo Jr. e a aceitação do convite para participar como membro honorário por parte de Glauco Ulson.

Desde sua fundação em outubro de 2004, o Instituto Junguiano do Paraná, vem se estabelecendo como uma instituição que visa divulgar e aprofundar os estudos da psicologia analítica de Jung, além de aproximá-la da comunidade de modo vivo e atual. Dentro desses objetivos, além de ser uma instituição formadora de analistas, o IJPR promoveu o I Simpósio de Psicologia Analítica além de outros eventos como Estudos Avançados em Psicologia Analítica, Conversa Fiada e Seminários Interdisciplinares (vide o Histórico dos Eventos promovidos pelo IJPR abaixo).

Outubro de 2004

Em sua fundação, em outubro de 2004, o IJPR se constituiu da seguinte forma:
Presidente – Maria de Lourdes Bairão Sanchez; Diretor Administrativo – Renata Cunha Wenth; Diretor Financeiro – David Phillip Butler; Diretor de Ensino – Sylvio Toledo Junior; Diretor de Cursos Livres – Dulce Helena Rizzardo Briza.

Outubro de 2005

Clara Rossana Ferraro de Sá apresentou monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano de São Paulo e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

Jullho de 2006

Eides Medeiros apresentou monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano de São Paulo e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

Agosto de 2007

Eliane Petraglia, Leticia Capriotti e Sheila Jugend apresentaram Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano de São Paulo e passaram a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membros analistas.

Novembro de 2008

A diretoria do IJPR modificou-se para: Presidente – Renata Cunha Wenth; Diretor Administrativo – Eliane Keinert Petraglia; Diretor Financeiro -Sheila Woller Jugend; Diretor de Ensino – Maria de Lourdes Bairão Sanchez; Diretor de Cursos Livres – Clara Rossana Ferraro de Sá.

Outubro de 2010

O IJPR sediou o XVIII Congresso Internacional da Associação Junguiana do Brasil, com o tema Criação.

Julho de 2011

Estabeleceu-se o serviço de Atendimento Social do IJPR.
Este serviço oferece, a através dos membros do IJPR, atendimento psicoterápico via convênio do IJPR com Instituições.
Em um primeiro momento o IJPR firmou convênio com escola da rede pública de Curitiba, o qual poderá ser utilizado por professores e funcionários desta instituição. Gabriela Betto Etcheverry é a coordenadora deste serviço.

Dezembro de 2012

A diretoria eleita do IJPR ficou assim: Presidente – Suzana Lyra Strapasson; Diretor de Ensino – Renata Cunha Wenth; Diretor Administrativo – Sheila Woller Jugend; Diretor Financeiro – Nélio Pereira da Silva; Diretor de Cursos Livres – Maria de Lourdes Bairão Sanchez; Coordenação do site do IJPR – Letícia Capriotti; Coordenação do Serviço de Atendimento Social – Gabriela Betto Etcheverry.

Outubro de 2014

Eliane Laís Schneider apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

08 de maio de 2015

Maria Helena Pelanda apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

15 de maio de 2015

Maria Luiza Fava apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

01 de julho de 2016

Adriana Goreti de Oliveira Lopes, apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

Maio de 2005

Sônia Regina Lyra apresentou monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano de São Paulo e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

Novembro de 2005

No Encontro da Associação Junguiana do Brasil em Canela- RS, em novembro de 2005, foi lançado o primeiro número da revista da AJB, Cadernos Junguianos, com textos de analistas desta associação bem como de analistas internacionais. A revista da AJB é publicada anualmente e encontra-se à venda em todos os Institutos. Para adquiri-la através do IJPR, entre em contato pelo telefone 41 3252-5868 ou pelo email ijpr@uol.com.br

Outubro de 2006

A diretoria do IJPR modificou-se para: Presidente – Maria de Lourdes Bairão Sanchez; Diretor Administrativo – Renata Cunha Wenth; Diretor Financeiro – David Phillip Butler; Diretor de Ensino – Sylvio Toledo Junior; Diretor de Cursos Livres – Clara Rossana Ferraro de Sá.

Novembro de 2007

Suzana Lyra apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano de São Paulo e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

2008

O site do IJPR é a principal fonte de comunicação do IJPR com o público em geral.Foi criado junto com a fundação do IJPR, em 2004. Tendo sido coordenado por Maria de Lourdes Bairão Sanchez e Renata Cunha Wenth até 2007. Desde 2008 Leticia Capriotti é a coordenadora do site do IJPR.

Novembro de 2010

A diretoria eleita do IJPR ficou assim: Presidente – Renata Cunha Wenth; Diretor Administrativo – Eliane Keinert Petraglia; Diretor Financeiro -Sheila Woller Jugend; Diretor de Ensino – Maria de Lourdes Bairão Sanchez; Diretor de Cursos Livres – Suzana Lyra Strapasson.

Outubro de 2012

Nelio Pereira da Silva apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

Maio de 2014

Marisa Rodrigues Gomes Klökner apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

28 de Fevereiro de 2015

Elizabeth de Miranda Sandoval apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

12 de maio de 2015

Jorge Antonio Jorge apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

31 de maio de 2016

Freya Kottman Imaguire, apresentou Monografia de conclusão de curso de formação ao Instituto Junguiano do Paraná e passou a integrar o Instituto Junguiano do Paraná como membro analista.

24 de novembro de 2016

Em Assembleia Geral do IJPR, constituiu-se a Comissão de Ética do IJPR sob a coordenação de Suzana Lyra Strapasson – colaboradora: Adriana Goreti de Oliveira Lopes.

Gestão Atual

2016-2018
Presidente: Maria de Lourdes Bairão Sanchez
Diretor Administrativo: Gabriela Betto Etcheverry
Diretor Financeiro: Jorge Antônio Jorge
Diretor de Ensino: Sonia Lyra – Colaboradores: Freya Kottmann Imaguire e Maria Luiza Vieira Fava
Diretor de Cursos Livres: Renata Cunha Wenth – Colaboradora: Adriane Salik

Coordenação site IJPR: Suzana Lyra Strapasson – Colaboradora: Elizabeth Amaral
Coordenação Comissão de Ética: Suzana Lyra Strapasson – Colaboradora Adriana Goreti de Oliveira Lopes

 

Gestões Passadas

Presidente – Maria de Lourdes Bairão Sanchez
Diretor Administrativo – Renata Cunha Wenth
Diretor Financeiro – David Phillip Butler
Diretor de Ensino – Sylvio Toledo Junior
Diretor de Cursos Livres – Dulce Helena Rizzardo Briza

Coordenação Site IJPR: Maria de Lourdes Bairão Sanchez e Renata Cunha Wenth

Presidente – Maria de Lourdes Bairão Sanchez
Diretor Administrativo – Renata Cunha Wenth
Diretor Financeiro – David Phillip Butler
Diretor de Ensino – Sylvio Toledo Junior
Diretor de Cursos Livres – Clara Rossana Ferraro de Sá

Coordenação Site IJPR: Maria de Lourdes Bair ão Sanchez e Renata Cunha Wenth

Presidente – Renata Cunha Wenth
Diretor Administrativo – Eliane Keinert Petraglia
Diretor Financeiro -Sheila Woller Jugend
Diretor de Ensino – Maria de Lourdes Bairão Sanchez
Diretor de Cursos Livres – Clara Rossana Ferraro de Sá

Coordenação Site IJPR: Letícia Capriotti

Presidente – Renata Cunha Wenth
Diretor Administrativo – Eliane Keinert Petraglia
Diretor Financeiro -Sheila Woller Jugend
Diretor de Ensino – Maria de Lourdes Bairão Sanchez
Diretor de Cursos Livres – Suzana Lyra Strapasson

Coordenação Site IJPR: Letícia Capriotti
Coordenação Serviço de Atendimento Social: Gabriela Betto Etcheverry

Presidente: Suzana Lyra Strapasson
Diretor Administrativo: Sheila Woller Jugend
Diretor Financeiro: Nélio Pereira da Silva
Diretor de Ensino: Renata Cunha Wenth
Diretor de Cursos Livres: Maria de Lourdes Bairão Sanchez

Coordenação site IJPR: Letícia Capriotti
Coordenação Serviço de Atendimento Social: Gabriela Betto Etcheverry
Coordenação Núcleo de Pesquisa do IJPR: Clara Rossana Ferraro de Sá e Sonia Lyra

Presidente: Maria de Lourdes Bairão Sanchez
Diretor Administrativo: Sheila Woller Jugend
Diretor Financeiro: Nélio Pereira da Silva
Diretor de Ensino: Renata Cunha Wenth
Diretor de Cursos Livres: Suzana Lyra Strapasson

Coordenação site IJPR: Suzana Lyra Strapasson
Coordenação Serviço de Atendimento Social: Gabriela Betto Etcheverry
Coordenação Núcleo de Pesquisa do IJPR: Gabriela Betto Etcheverry

Histórico dos eventos promovidos pelo IJPR

Estudos Avançados em Psicologia Analítica

O IJPR firmou uma parceria com a PUC-PR da qual nasceu o Estudos Avançados em Psicologia Analítica, uma série de palestras que tem como objetivo aprofundar conhecimentos e reflexões em Psicologia Analítica.

17/06/2005 – Reflexões sobre a Prática Clínica – Gustavo Barcellos
16/09/2005 – A Mutilação da Alma Brasileira – Dulce Helena Briza
19/05/2006 – Don Quixote aos olhos da Psicologia Analítica – Áurea Roitman

Conversa fiada

Com o intuito de aproximar a psicologia analítica da comunidade em geral nasceu o Conversa Fiada, evento onde não existe um palestrante. A proposta deste evento é tecer/fiar idéias, reflexões, discussões. Esta tessitura acontece de maneira espontânea, onde a teoria é um pressuposto e não o foco, por ser uma conversa. Um tema é lançado e vai sendo “fiado” entre os participantes e discutido com o viés da Psicologia Analítica pelos membros do IJPR. O objetivo deste evento não é chegar a conclusões e sim levantar pontos polêmicos que conduzem a uma nova conversa. Assim o tema da conversa seguinte surge, é gerado, na própria conversa e decidido em conjunto pelo grupo. Os participantes são pessoas das mais diversas áreas que se interessam por psicologia e gostam de refletir sobre as questões do ser humano. Os encontros acontecem no Solar do Rosário no centro histórico de Curitiba, local acolhedor que ajuda a dar o tom descontraído e agradável desse evento que conta com um público fiel que cada vez se amplia mais.

18/11/2005 – O fenômeno humano
31/03/2006 – O Amor
15/09/2006 – O desapego nas relações
30/03/2007 – A Felicidade
18/05/2007 – Sonhos
17/08/2007 – Símbolos e o Processo de Individuação
27/10/2007 – Morte
14/03/2008 – Destino
15/08/2008 – Transformação
24/04/2009 – O Tempo
18/09/2009 – Insônia
07/05/2010 – Silêncio
18/03/2011 – Desassossego
12/08/2011 – Ética
16/03/2012 – Estética
17/08/2012 – Inspiração
01/03/2013 – Trabalho
23/08/2013 – Ilusão
28/03/2014 – Crenças
29/08/2014 – Dança
27/03/2015 – Êxtase
21/08/2015 – Saudade
08/04/2016 – Luto
16/09/2016 – Renascimento
17/03/2017 – Angústia
04/08/2017 – Sexo
06/04/2018 – Poder

Curso de Inverno

O curso de inverno do IJPR acontece em pleno inverno curitibano e, enquanto curso, tem a característica de ter mais horas aula que os outros eventos livres do instituto com uma proposta de aprofundamento em algum tema junguiano sempre aliando aspectos teóricos a práticos da psicologia analítica.

25/07/2009 – Fundamentos e aplicações dos Tipos Psicológicos Junguianos – José Jorge Zacharias

Seminário Interdisciplinar

Jung nos ensinou que a psicologia não precisa ficar fechada apenas em si mesma quando estendeu suas pesquisas a diversas áreas. No Seminário Interdisciplinar busca-se por temas que possam contribuir para a compreensão da psicologia analítica, um conjugar perspectivas de diferentes saberes tendo por objetivo expandir reflexões. Trazendo profissionais de áreas que não apenas a psicologia, a idéia desses seminários é promover discussões interdisciplinares, fazendo uma interface colaboradora da psicologia com outras áreas, promovendo conexões com áreas afins.

22/06/2007 – “O processo de individuação de não-latinos no Brasil” – Glauco Ulson
19/10/2007 – “Bufão, o narrador oculto” – Fátima Ortiz e o Círculo de Encenação e Pesquisa Pé no Palco
28/11/2008 – “Tipos Psicológicos aplicado à Criminologia Analítica” – Joe Tennyson Velo
13/03/2009 – “Mitos e Arquétipos – Diálogos entre Mitologia e Psicologia Junguiana” – Walter Boechat
29/05/2009 – “Vivência de perdas e o processo do adoecer – relação entre eventos significativos, luto e depressão” – Dra Raquel Jurkiewicz
13/11/2009 – “Arte e Mitologia” – Fernando A.F. Bini
02/12/2011 – “Hermenêutica e Significado” com Ademar Heeman e “Individuação, Neurociência, Mindfulness – um processo alquímico do século XXI” com Carlos Harmath
25/05/2012 – ” A ilusão destruída – três contos de Tolstoi” – Dom Bernardo Bonowitz, OCSO
24/05/2013 – “Psicologia e Cultura: interfaces e bases interculturais nos processos de individuação contemporâneos” – Rafael Tassi Teixeira
18/10/2013 – “Deo Concedente, Contemplação e Consciência” – Sônia Carvalho
29/11/2013 – “Cem anos de Red Book” – Nélio Pereira da Silva, Paulo Costa de Souza e Walter Boechat
13/11/2015 – “O Heroi e o Feminino no mito de Ariadne e Teseu” – Isabela Fernandes Soares Leite.

I Simpósio do IJPR (clique aqui para visualizar o folder)

O IJPR organizou com muito sucesso seu primeiro simpósio em maio de 2008. Sem palestrantes de fora, os membros e candidatos a analista do IJPR atraíram um público que lotou o teatro do HSBC e participou ativamente das discussões que surgiram a partir das palestras.

17 e 18/05/2008 – C.G. Jung – Psicologia Analítica: teoria e prática

Simpósio Comemorativo dos 10 anos do IJPR (clique aqui para visualizar o folder)

O IJPR organizou com muita alegria o simpósio comemorativo dos 10 anos em maio de 2014. Compuseram o evento palestrantes de fora (Luiz Felipe Pondé e Juremir Machado da Silva) e membros analistas do IJPR (Maria de Lourdes Bairão Sanchez, Sonia Lyra e Gabriela Beto Etcheverry) . O evento aconteceu na Associação Comercial do Paraná em Curitiba – PR.

17/05/2014 – Virtualidade e Atualidade na Psicologia Analítica

>> Clique aqui para ver a síntese do congresso

Lançamentos de livro

06/08/06 – Vôos e raízes – Gustavo Barcellos
28/11/08 – Puer-Senex, dinâmicas relacionais – Dulcinéia Monteiro (org.) com Renata Wenth e Maria de Lourdes Sanchez
13/03/09 – Mitopoese da psique – Walter Boechat
19/03/10 – O Irmão – Psicologia do arquétipo fraterno – Gustavo Barcellos
26/10/12 – Nicolau de Cusa – visão de Deus e teoria do conhecimento – Sonia Lyra
26/10/12 – Jung leitor de Nietzsche: acerca da morte de Deus – Sonia Lyra
09/08/2013 – “Confessar com o diabo – a dimensão arquetípica da religiosidade” e “Nos sertões de Guimarães Rosa” – Carlos Alberto Corrêa Salles.
10/04/2015 – O Livro Vermelho de C.G.Jung – Jornada para profundidades desconhecidas – Walter Boechat
29/09/2017 – “O Banquete de Psique – imaginação, cultura e psicologia da alimentação” – Gustavo Barcellos
20/10/2017 – “Gangorra – uma imagem intrigante do fracasso” – Elizabeth de Miranda Sandoval
15/06/2018 – “Abismos Narcísicos” – Roberto Rosas Fernandes

Encontro Literário

09/11/2013 – Discussão do livro: A humilhação de Fhilip Roth – Companhia das Letras
18/10/2014 – Discussão do livro: Felicidade Conjugal – Lev Tolstói – Tradução de Boris Schnaiderman – Editora 34
16/05/2015 – Discussão do livro: O Vermelho e o Negro, de Stendhal
31/10/2015 – Discussão do livro: Cem anos de solidão – Gabriel Garcia Marquez
13/05/2017 – Discussão do livro: Os Infinitos, de John Banville

XVIII Congresso Internacional da AJB (clique aqui para visualizar o folder)

Em 2010 foi a vez do IJPR sediar o congresso anual da AJB. De 21 a 24 de outubro, no Palácio Avenida no Centro da cidade de Curitiba foi realizado o XVIII Congresso Internacional da AJB com o tema Criação. Tendo como conferencista internacional Paul Kugler, o congressso contou também com conferências de Jaime Lerner, Frei Betto, Walter Boechat, Isabela Fernandes e Cristovão Tezza. O congresso teve ainda várias mesas redondas com importantes pensadores da psicologia analítica e também de outras áreas. Os temas-livres tiveram grande número de participantes e alto nível de trabalhos. Foram ministrados também dois mini-cursos, um sobre jogo de areia e outro um laboratório de haicai.

Durante o congresso aconteceu o lançamento do Livro Vermelho de Jung pela editora Vozes e também do número 6 dos Cadernos Junguianos, revista da AJB.
A criação artística também teve seu lugar com a exposição de esculturas Poética Noturna de Clara Rossana Ferraro de Sá e uma amostra da exposição Para los Ojos que encontra-se no Solar do Rosario das pintoras Claudia de Lara, Dani Henning, Sandra Bonet e Sandra Hiromoto. A música foi prestigiada com o Concerto de Olga Kiun, Maria Alice Brandão e Maria Ester Brandão e com o show de Jazz com Glauco Sölter, Mario Conde e Sérgio Coelho.

O Congresso foi muito elogiado por sua organização e alto nível dos palestrantes. O público participou ativamente e pôde sentir o acolhimento da cidade de Curitiba.

Clique aqui para visualizar a síntese do congresso elaborada por uma das participantes.

XXIV Congresso Nacional da Associação Junguiana do Brasil (clique aqui para visualizar o folder)

Os Congressos da Associação Junguiana do Brasil são organizados, a cada vez, por um de seus Institutos. Em agosto de 2017 foi a vez do IJPR organizar o Congresso da AJB. De 24 a 27 de agosto, no Mabu Thermas Grand Resort, na cidade de Foz do Iguaçu -PR, foi realizado o XXIV Congresso Nacional da Associação Junguiana do Brasil com o tema Fronteiras. Teve como conferencista internacional a analista junguiana Ângela Mary Connolly e o professor Bernardo Nante; o congresso contou também com conferências de Edilene Coffaci Lima, Gustavo Barcellos, Isabela Fernandes e Márua Roseni Pacce. O congresso teve ainda várias mesas redondas com importantes pensadores da psicologia analítica e também de outras áreas: Denise Maia, Dulce Helena Rizzardo Briza, Donaldo Schüler, Fabiana Lopes Binda Grazi, Humbertho Oliveira, José Ribamar Bessa Freire, Rubens Bragarnich, Walter Boechat. As palestras de Temas-Livres tiveram grande número de participantes e alto nível de trabalhos, bem como os pôsteres apresentados. Foram ministradas Oficinas com os diversos Departamentos da Associação Junguiana do Brasil. Um outro momento foi a Vivência de Dança Circular ministrada pela Lucia Helena Hebling de Almeida.Durante o congresso foram lançados livros dos autores: Donaldo Schûler, Elizabeth de Miranda Sandoval, Gustavo Barcellos e Sonia Regina Lyra. Também foi lançado o volume 13 dos Cadernos Junguianos, revista da AJB. A arte teve seu lugar com a exposição de fotografias Arquétipos de Sonia Regina Lyra. A música foi prestigiada na abertura do Congresso com o recital de piano comentado com o pianista Davi Sartori, com o tema: Música, existem Fronteiras? O público participou ativamente do Congresso e pôde usufruir da beleza da cidade de Foz do Iguaçu.

Clique aqui para visualizar o video divulgação do XXIV Congresso Nacional da Associação Junguiana do Brasil

50 anos da morte de C.G. Jung

Para marcar a data em que se registra os 50 anos da morte de C.G. Jung, o Instituto Junguiano do Paraná convidou dois estudiosos de sua obra para compartilhar alguns recortes de seu olhar com o público que lotou o auditorio do Solar do Rosário no dia 10 de junho de 2011.

Paulo Costa de Souza falou sobre “A Festa Egéia de Fausto e a metáfora da morte para CG Jung” e Armando Oliveira e Silva “Do pai ‘As mães! As mães! Que esquisito soa aquilo”. Sempre no espirito que Armando enfatiza de usar Jung como “referência” e nao como “reverência”, os dois nos incentivam não a ler o que escreveram sobre Jung e sim a ler o que ele mesmo leu. As duas palestras tiveram como fio condutor comum o Fausto de Goethe e aprofundaram um olhar histórico sobre a obra de Jung.

O conteúdo das palestras pode ser acessado aqui, e as fotos encontram-se em nossa galeria, clicando aqui.

Grupos de Estudos para membros do IJPR

Os Grupos de Estudos são um encontro entre os membros analistas do IJPR e os membros candidatos do IJPR. Tiveram início em 2011 como uma forma de aproximar os membros do Instituto e de proporcionar um espaço para que todos possam estudar juntos.

Em 04/06/2011 – grupo de estudos com Walter Boechat. Tema: “Relação Corpo e Mente”.
Em 29/10/2011 – grupo de estudos com João Bernardes da Rocha Filho. Tema: “Energia Psíquica.”
Em 26/05/2012 – grupo de estudos com Sônia Carvalho. Tema: “Drogas: o lado sombrio do arquétipo do espírito.”
Em 27/10/2012 – grupo de estudos com Vitor Caruso. Tema: “Psicologia Budista.”
Em 01/12/2012 – grupo de estudos com Pe Joachim Andrade. Tema: “Dança e Espiritualidade”.
Em 27/04/2013 – grupo de estudos com Maria de Lourdes Bairão Sanches. Tema: discussão do filme “Homens e Deuses”.
Em 10/08/2013 – grupo de estudos com Carlos Alberto Corrêa Salles. Tema: “Da Alquimia à Medicina Experimental e à Teoria Analítica de C.G.Jung”
Em 20/09/2014 – grupo de estudos com Clara Rossa F de Sá. Tema: “Psicologia Analítica e arte”
Em 09/05/2015 – grupo de estudos com Viktor Salles. Tema: “A Psicopatologia dos Mitos”
Em 19/09/2015 – grupo de estudos com Nelson Pinto Neto. Tema: “O Impacto Perturbador da Física Quantica Sobre o Saber Científico: Verdades, Mentiras e Incertezas”
Em 29/10/2016 – grupo de estudos com Marilia Giller. Tema: “Teoria da Situação – O processo do sentido entre signos, sonhos, imagens e sons”

EVENTOS ATENDIMENTO SOCIAL DO IJPR

No dia 25 de julho de 2013 das 8h as 12h realizou-se na Escola Estadual Victor do Amaral um trabalho teórico/prático sob o título: “A autorrealização do professor”.

Junte se a nós!

Você é um analista Junguiano? Venha somar em nosso corpo de membros clicando no botão abaixo e preenchendo a ficha de inscrição! Qualquer dúvida, fale conosco utilizando o formulário ao lado.

Fale conosco